‘The Fame’, de Lady Gaga, completa dez anos!

Dá pra acreditar que já se passaram dez anos desde o debut de Lady Gaga? Pois bem, o aniversário de uma década do álbum que estourou Gaga mundo afora é neste domingo, 19 de agosto!

Dando uma rápida pincelada na história da cantora, após alguns contratos com gravadoras infrutíferos, ela assinou um contrato como compositora com a Sony em 2007. Ela foi contratada para escrever hits para Britney Spears (‘Quicksand’), New Kids on the Block (‘Big Girl Now’), Fergie e The Pussycat Dolls. Na Interscope, quem descobriu o talento dela foi o rapper Akon que convenceu o CEO da gravadora a contratá-la como cantora.

De mudança para Los Angeles, em 2008, para terminar o que viria a ser a sua estreia com o ‘The Fame’, o que levou quase dois anos e meio, Gaga performou no Miss Universo do mesmo ano com a faixa ‘Just Dance’, que acabaria se tornando o seu primeiro fenômeno mundial. A faixa foi lançada em abril e alcançou o topo da tabela Hot 100 norte-americana, além de ser indicada ao Grammy de Melhor Performance Eletrônica.

Sobre ‘Just Dance,’ Gaga comentou, na época, que “a faixa salvou a minha vida. Eu estava em um lugar muito ruim em Nova Iorque. Estava deprimida, sempre em um bar. Peguei um avião até Los Angeles para fazer as minhas músicas e me deram uma única chance para escrever a música que mudaria a minha vida e eu fiz. Nunca voltei atrás. Deixei meu namorado e meu apartamento.”


O que Gaga não sabia era que a canção a ser trabalhada a seguir seria ainda maior… ‘Poker Face’ foi lançada em setembro de 2009, logo após o disco. Infectante, com hooks robóticos e repetidos, logo caiu nas graças dos críticos e público e se tornou a música mais vendida no mundo inteiro no mesmo ano, com quase 10 milhões de unidades.


‘Paparazzi’ não atingiu o topo das paradas como os singles antecessores, mas ganhou uma superprodução em forma de clipe com mais de sete minutos de duração. Dirigido por Jonas Akerlund e estrelado por Alexander Skarsgård, da série True Blood, o clipe ganhou dois prêmios no VMAs de 2009, além de uma performance que ficou marcada para a história da premiação.


O disco vendeu mais de 15 milhões de cópias no mundo todo e foi indicado a cinco Grammys, incluindo o de Álbum do Ano; ele ganhou por Melhor Álbum Dance e ‘Poker Face’ levou o gramofone de Melhor Canção Dance.

Em 2009, o disco ganhou um relançamento com o EP ‘Monster’, que expandiu os sucessos de Gaga com os singles ‘Bad Romance’, ‘Telephone’ e ‘Alejandro’.

E pra você, o que ficou marcado dessa era icônica?