As 100 melhores músicas de 2011

Em 2011 alguns artistas lançaram algumas músicas, infelizmente algumas extremamente horríveis, como ‘T.H.E’ do Will.i.Am e ‘Run For Your Life’ do Matt Cardle, mas para a nossa sorte a safra desse ano foi mais positiva do que negativa.

Abaixo foram selecionadas as CEM melhores músicas com lançamento entre Janeiro e Dezembro, mas antes de qualquer coisa, vamos à algumas considerações;

» Apenas singles foram levados em consideração.
» Cada música dessa lista é absolutamente incrível.
» Vendas e top charts não foram levados em consideração.
» Todas as músicas do Top 15 foram consideradas em algum momento como a música do ano.
» Caso você não conheça alguma música da lista, não perca tempo, procure um link para download imediatamente.

E agora sim, vamos ao que interessa;

.

15° TAKE THAT – ‘LOVE LOVE’

É extremamente raro encontrarmos uma música boa de se ouvir quando ela foi feita unicamente para tocar durante os créditos de um filme, mas o Take That mostrou quem ‘run the rules’ ao entregar ‘Love Love’ para a trilha sonora de ‘X-Men: First Class’. Sendo realista, o fato é que a música acabou se tornando maior do que o próprio filme. Soa grandioso, assim como a maioria dos outros singles da banda, mas a grande dúvida é: qual membro é o Professor X? Barlow ou Williams?

» EM 2010: Hurts – ‘Stay’
.

14° THE SATURDAYS – ‘ALL FIRED UP’

Comercialmente 2011 não foi um bom ano para as The Saturdays; a vendagem do novo álbum da banda foi a pior entre os três já lançados; os singles não emplacaram e algumas datas da próxima turnê correm riscos de serem canceladas, mas bem, como números nem sempre são sinônimos de qualidade a parceria com o pessoal do Xenomania acabou resultando em uma das melhores músicas da carreira das meninas. ‘All Fired Up’ causou um certo estranhamento na época em que foi lançada, até eu mesmo fiquei com um pé atrás quando ouvi pela primeira vez, mas em uma união como essa nada poderia dar errado.

» EM 2010: Sara Bareilles – ‘King Of Anything’
.

13° YASMIM – ‘FINISH LINE’

Combinando soul e dance music em uma medida que não cause algum tipo de estranheza ou confusão sonora, Yasmin já era bastante conhecida nos bastidores do britpop por acompanhar artistas como Example e Calvin Harris em suas turnês, mas em 2011 foi a vez do grande público conhecê-la. O primeiro single que prepara o terreno para o seu álbum de estreia foi ‘On My Own’, porém foi com ‘Finish Line’ que ela conseguiu o seu primeiro hit. Por enquanto ainda não há previsão de quando o disco será lançado, mas as expectativas já são altas.

» EM 2010: Brandon Flowers – ‘Only The Young’
.

12° FLORENCE + THE MACHINE – ‘SHAKE IT OUT’

Florence realmente tem rezão; é muito difícil dançar quando se tem um demônio em suas costas. Uma das coisas mais adoráveis em ‘Shake It Out’ é a forma como a música consegue te tirar por alguns minutos da realidade em uma melodia sobrenatural com bastantes pontos de referência – escutando a versão instrumental eu meio que lembrei de ‘Bleeding Love’, o que não chega a ser algo estranho, afinal ambas canções falam sobre corações partidos.

» EM 2010: The Wanted – ‘All Time Low’
.

11° NICOLE SCHERZINGER – ‘DON’T HOLD YOUR BREATH’

Um ano de altas e baixas para a carreira da Nicole Scherzinger; é mais ou menos assim que podemos resumir 2011 para a ex-líder das Pussycat Dolls. Seu primeiro álbum solo finalmente foi lançado, mas apenas no Reino Unido. A FOX conseguiu colocá-la no lugar da Cheryl na bancada dos jurados do X-factor USA, porém a crítica está sendo bastante dura com ela. Mas OK, independente desses fatores, nesse momento nós estamos falando dos melhores singles do ano e em um álbum incrível como o ‘Killer Love’, não foi tão difícil encontrar algo para estar aqui.

» EM 2010: Lady GaGa & Beyoncé – ‘Telephone’
.

10° CHRISTINA PERRI – ‘JAR OF HEARTS’

Tecnicamente ‘Jar Of Hearts’ é uma música de 2010; a música foi gravada em 2010, foi enviada para as rádios em 2010 e foi adicionada no iTunes em 2010, mas o fato é que ninguém a conhecia na época. Soa um pouco contraditório, mas foi graças ao ‘So You Think Can Dance’ que o mundo conheceu essa música – e eu não estou falando de uma performance dela no programa, o que aconteceu foi que após a música ser utilizada no show de dança Christina se tornou popular, assinou com uma gravadora e começou a divulgação do single (e isso inclui um clipe). Por esses motivos eu considero essa como uma música de 2011, mas não apenas uma simples música de 2011 e sim uma das melhores.

» EM 2010: Selena Gomez & The Scene – ‘Naturally’
.

9° BRITNEY SPEARS – TIL THE WORLD ENDS

Quando ‘Til The World Ends’ viu a luz do dia muitas pessoas ficaram sem entender o motivo da Ke$ha ter dado a música para a Britney ao invés de ficar com ela, e bem, a resposta veio quando o fatídico remix com a participação dela e da Nicki Minaj foi lançado. Se olharmos atentamente, veremos que a grande maioria das canções pop se baseia na fórmula intro/verso/refrão/verso/refrão/solo/refrão/fade ou em variações dessa fórmula, mas ‘Wolrd Ends’ não. Produzida pela dupla de hitmakers Dr. Luke e Max Martin, essa é o tipo de música que não daria certo com nenhuma outra pessoa; o refrão apocalíptico que só surge no último minuto da música e a repetição de uma única silaba dando a ideia de coro fez dessa mais um clássico para a carreira da Britney.

» EM 2010: Shakira – ‘Waka Waka’
.

8° LADY GAGA – ‘THE EDGE OF GLORY’

‘The Edge Of Glory’ tende a ser a música mais singular de todo o repertório da GaGa; não há repetição silábica, ela não fala seu próprio nome em nenhum momento e também não há referências religiosas. É algo simples, mas nesse caso, um simples momento de grandiosidade. Produzida por Fernando Garibay (‘Dance In The Dark’), a faixa que encerra o ‘Born This Way’ deccore sob uma crise de sintetizadores dos anos 80 com a ajuda de solos irregulares de guitarra, e claro, o som hipnotizante de um saxofone.

» EM 2010: Flo Rida – ‘Club Can’t Handle Me’
.

7° COLDPLAY – ‘EVERY TEARDROP IS WATERFALL’

Ao longo de seus quase 15 anos de carreira, por muitas vezes o Coldplay foi comparado com o Radiohead, mas já faz um bom tempo que ninguém toca mais nesse assunto. Com um novo polimento, a banda reinventou o seu próprio som e deixou a melancolia para trás. Em ‘Every Teardrop…’, quando o Chris canta ‘“I turn the music / I got my records on / I shut the world outside until the lights come on / Maybe the streets alright / Maybe the trees are gone / I feel my heart start beating to my favorite song” ele nos puxa para o seu mundo, onde tudo ao seu redor desaparece em segundo plano enquanto você se concentrar no que ouve em seus fones de ouvido.

» EM 2010: Mark Ronson – ‘Somebody To Love Me’
.

6° NICOLA ROBERTS – ‘BEAT OF MY DRUM’

De férias a quase dois anos, as Girls Aloud nunca estiveram tão em alta fora do território inglês quanto em 2011 e o que seria algo difícil de se entender torna-se bastante simples quando falamos o nome de Nicola Roberts. Do underground ao mainstream, do alternativo ao pop, do orkut ao facebook não teve quem não se encantasse com a ruiva da banda. Com apenas um single Nicola fez com que a carreira solo de suas outras companheiras se tornassem quase irrelevantes. A Nadine é a minha favorita, a Cheryl é a favorita do grande público, porém acredito que ninguém tem dúvidas que a Nicola conseguiu mostrar onde está guardado a verdadeira magia das Girls Aloud.

» EM 2010: Take That – ‘The Flood’
.

5° GOTYE & KIMBRA – ‘SOMEBODY THAT I — USED TO KNOW

A realeza da música pop ganhou um novo membro esse ano. Numa época em que o mundo quase inteiro só ouvia Katy Perry, Adele, Lady GaGa e LMFAO os países da Oceania abriam o caminho para um novo artista começar a criar o seu reinado. Com 31 anos e dois CDs lançados nos anos 2000, Gotye se tornou o artista mais bem sucedido do ano na Austrália e Nova Zelândia em 2011. Como abordado por aqui em Setembro, ‘Somebody That I Used To Know’ tem um som pouco convencional, principalmente se levarmos em consideração o atual cenário das rádios em geral. O hit do ano segundo o ARIA Awards funciona como uma versão menos comercial de ‘Rolling In The Deep’ da Adele, mas ainda assim com um potencial suficiente para se tornar um grande sucesso em escala mundial. Algo me diz que essa música ainda vai render muito em 2012.

» EM 2010: Cee-Lo Green – ‘Fuck You’
.

4° NICKI MINAJ – ‘SUPER BASS’

Não tinha como ser diferente, não é mesmo? ‘Super Bass’ tem o refrão mais cativante que nós ouvimos nos últimos doze meses.
.

.

.

» EM 2010: Scissor Sisters – ‘Fire With Fire’
.

3° DIANA VICKERS – ‘MUSIC TO MAKE THE BOYS CRY’

Por uma questão de dias a Diana não estaria nessa lista. O laçamento de ‘Music To Make The Boys Cry’ aconteceu na semana passada e como vocês podem ver, o post sobre o single ainda está na página inicial do blog. Leve, sútil e sem clichês, essa preciosidade pop é basicamente algo que qualquer artista do gênero morreria para ter nas mãos (e isso inclui uma escala que vai de Taylor Swift a Robyn). Em 2010 a Diana foi a responsável por lançar o melhor álbum do ano e avaliando o caminho que ela vem trilhando, 2012 poderá ser um ano incrível para a quarta colocada da sexta temporada do X-Factor.

» EM 2010: Robyn – ‘Dancing On My Own’

2° ED SHEERAN – ‘THE A TEAM

Não há dúvidas, Ed Sheeran foi definitivamente a grande revelação da música em 2011. Em menos de um ano o ruivo fez exatamente 312 shows pelo Reino Unido e o mais curioso, sem nem ter um álbum lançado – isso é o que nós podemos chamar de workaholic. A essa altura do jogo, o seu disco de estreia já se encontra nas lojas e a única coisa que você consegue pensar ao ouvir é ‘como esse garoto consegue manter um equilibro tão coeso entre o dubstep, o acústico e o hip hop?’. Cada faixa do ‘+’ tem os seus momentos de brilhantismo, mas não há como negar que ‘The A Team’ é a mais especial.

» EM 2010: Duck Sauce – ‘Barbra Streisand’

1° WILL YOUNG – ‘JEALOUSY

A saída da sua zona de conforto, sonoricamente falando, mostrou o quão impressionante o Young consegue ser. Completando dez anos de carreira em 2011, ‘Jealousy’ soa como a sua firmação no mercado atual deixando ainda uma missão para a próxima fase de sua carreira; ter a confiança para fazer a música que ele realmente ama, mantendo uma vantagem comercial. A música foi Top 5 no Reino Unido e por sorte não foi lançada nos Estados Unidos, por que eu até consigo imaginar qual seria o próximo número emocional do Kurt em Glee – e sejamos sinceros, Glee é ótimo, mas a voz do Kurt da dor de barriga em qualquer pessoa.

» EM 2010: Example – ‘Kickstarts’

.

PLUS!

.
Aqui estão as outras 85 músicas da nossa lista.

16° Patrick Wolf – ‘The City’
17° Adele – ‘Rolling In The Deep’
18° Jennifer Lopez – ‘On The Floor’
19° Calvin Harris – ‘Feel So Close’
20° Coldplay – ‘Paradise’

21° Lady GaGa – ‘Marry The Night’
22° Professor Green & Emeli Sandé – ‘Read All About It’
23° Example – ‘Stay Awake’
24° Wynter Gordon – ‘Til Death’
25° Olly Murs – ‘Heart Skips A Beat’
26° LMFAO – ‘Party Rock Anthem’
27° Cher Lloyd- ‘With Ur Love’
28° Frankmusik & Colette Carr – ‘No I.D.’
29° Oh Land – ‘White Nights’
30° Swedish Mafia House – Save The World

31° Foster The People – ‘Helena Beat’
32° Foster The People – ‘Pumped Up Kicks’
33° Kelly Clarkson – ‘(What Doesn’t Kill) Stronger
34° Nicola Roberts – ‘Lucky Day’
35° Chris Brown – ‘Beautiful People’
36° Example – ‘Changed The Way You Kiss Me’
37° Death Cab For Cutie – ‘You’re A Tourist’
38° Lady GaGa – ‘Born This Way’
39° The Wanted – ‘Glad You Came’
40° James Morrison – ‘I Won’t Let You Go’

41° DJ Fresh – ‘Louder’
42° Cher Lloyd – ‘Swagger Jagger’
43° The Sound Of Arrows – ‘Nova’
44° Rizzle Kicks – ‘When I Was A Youngster’
45° Natalia Kills – ‘Wonderland’
46° Ellie Goulding – ‘Lights’
47° The Strokes – Under Cover of Darkness
48° Lady GaGa – ‘Yoü and I’
49° Dappy – ‘No Regrets’
50° Demi Lovato – ‘Skyscraper’

51° Dia Frampton – ‘Inventing Shadows’
52° The Saturdays – ‘Notorious’
53° Jessie J – ‘Who You Are’
54° Rihanna & Calvin Harris – ‘We Found Love’
55° Pitbull & Ne-Yo- ‘Give Me Everything’
56° Robyn – ‘Call Your Girlfriend’
57° Rebecca Ferguson – ‘Nothing’s Real But Love’
58° Ed Sheeran – ‘You Need Me, I Don’t Need You’
59° Taylor Swift – ‘Mean’
60° Olly Murs – ‘Dance With Me Tonight’

61° Neon Hitch – ‘Get Over U’
62° Joe Jonas – ‘Just In Love’
63° The Script – ‘Science & Faith’
64° One Direction – ‘What Makes You Beatiful’
65° Pixie Lott – ‘All About Tonight’
66° Avicii – ‘Fade Into Drakness’
67° The Saturdays – ‘My Heart Takes Over’
68° Martin Solveig & Dragonette – ‘Big In Japan’
69° Maroon 5 & Christina Aguilera – ‘Moves Like Jagger’

70° Jessie J – ‘Price Tag’
71° Leona Lewis – ‘Collide’
72° The Wanted – ‘Gold Forever’
73° Parade – ‘Perfume’
74° Jessie J – ‘Domino’
75° Olly Murs – ‘Busy’
76° Enrique Iglesias & Ludacris – ‘Tonight (I’m Fuckin You)’
77° Glee – ‘Loser Like Me’
78° Britney – ‘I Wanna Go’
79° Sunday Girl – ‘Love U More’
80° Steven Tyler – ‘(It) Feels So Good’

81° Parade – ‘Louder’
82° Will Young – ‘Come On’
83° Beyoncé – ‘Best Thing I Never Had’
84° Katy Perry – ‘ET’
85° Avril Lavigne – ‘What The Hell’
86° The Wanted – ‘Lighting’
87° Nelly Furtado – ‘Night Is Young’
88° Matt Cardle – ‘Starlight’
89° Enrique Iglesias – ‘I Like It’
90° Avicii – ‘Levels’

91° Nicole Scherzinger – ‘Wet’
92° Thomas Fiss – ‘Speak Up’
93° Melanie C – ‘Thinking About It’
94° JLS & DEV – ‘She Makes Me Wanna’
95° Sugababes – ‘Freedom’
96° The Young Professionals – ‘D.I.S.C.O’
97° Wynter Gordon – ‘Buy My Love’
98° Sara Bareilles – ‘Gonna Get Over You’
99° Ed Sheeran – ‘Lego House’
100° Katy Perry – ‘Last Friday Night’